Quem sou eu

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

JOGOS 2016 NO RIO BENEFICIARÃO TURISMO NO BRASIL E EM OUTROS PAÍSES DA AMÉRICA LATINA

07/10/2009
Jogos-2016 no Rio beneficiarão turismo de toda a AL, diz governo brasileiro
da France Presse, em Astana (Cazaquistão)

A escolha do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos de 2016 estimulará o turismo no Brasil e em outros países da América Latina, declarou o vice-ministro do Turismo, Mario Moyses.

"Vamos nos organizar com outros países sul-americanos para tentar atrair visitantes não apenas ao Brasil, mas também a Argentina, Colômbia ou Peru", explicou, à margem da Assembleia Geral da OMT (Organização Mundial do Turismo) em Astana (Cazaquistão).

"No total, o Brasil planeja investir US$ 25,9 bilhões [R$45,4 bilhões] na construção de instalações esportivas e na melhoria das infraestruturas, como estradas, transportes públicos e hotéis", completou.

Cidade dos Jogos-2016, Rio de Janeiro revela sua natureza após Ipanema
No Estado do Rio de Janeiro, maravilhas se espalham de norte a sul

Parte do financiamento, segundo ele, virá da inciativa privada.

Ele citou também o projeto de construção de um trem de alta velocidade entre Rio e São Paulo, que deve estar concluído em 2014, a tempo da Copa do Mundo, que também acontecerá no Brasil.

Outros projetos mencionados por Moyses e que beneficiarão o turismo são a reforma do aeroporto Tom Jobim e a renovação da zona portuária do Rio.

A cidade também planeja expandir a rede de metrô, lembrou o vice-ministro.

Ao comentar os problemas de segurança na cidade, Moyses destacou que a cidade "instalará câmeras de vigilância e reforçará a polícia turística".

A atribuição dos Jogos Olímpicos ao Rio aconteceu em um momento de queda de turistas estrangeiros no Brasil, uma consequência da crise econômica mundial: de janeiro a agosto o número de visitantes internacionais caiu 4,1% e o faturamento 10,3%.

O Brasil recebeu no ano passado 5,05 milhões de visitantes estrangeiros, que deixaram no país US$ 5,8 bilhões (R$ 10,1 bilhões), segundo os dados da OMT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário