Quem sou eu

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

O BAIRRO DO BIXIGA E SUA HISTÓRIA

O bairro do Bixiga, localizado na região da Bela Vista, nasceu por volta de 1870, quando Antônio José Leite Braga resolveu lotear parte de sua chácara. O local foi, então, povoado por imigrantes italianos recém-chegados ao Brasil e o bairro assumiu as características de seus moradores, que mantiveram vivas a tradição e a religiosidade. Semelhante às aldeias da Itália, o Bixiga tem ruas estreitas e ladeiras, onde se instalaram aos poucos cantinas, quitandas, sapatarias e lojas de artesanato.

Hoje, o Bixiga é reduto de intelectuais, artistas, amantes de cultura e gastronomia. Foi ali que o industrial italiano Franco Zampari fundou o extinto Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), por onde passaram Cacilda Becker, Paulo Autran e Sérgio Cardoso, que empresta o nome a um dos mais importantes teatros da cidade, instalado... no Bixiga! Outros badalados teatros estão no entorno, como o Abril, o Brigadeiro, o Bibi Ferreira, o Ruth Escobar e o Cultura Artística.

Complementam a esfera cultural do Bixiga o Museu dos Óculos Gioconda Giannini e a Feira de Antiguidades da Praça Dom Orione, esta última com cerca de 300 barracas que dispõem de artigos diversos, obras de arte, comida e outras curiosidades. A bela Escadaria do Bixiga une a parte alta do bairro, na rua dos Ingleses, à parte baixa, na rua Treze de Maio, e dá acesso ao polo cultural de um lado e às cantinas e à feira do outro.

Eventos culturais, exposições, cursos e oficinas são atrações do Centro de Preservação Cultural (CPC) da Universidade de São Paulo, localizado na chácara urbana Casa de Dona Yayá, na rua Major Diogo. Aos domingos, há apresentações de coral, cantigas de roda, musicais, circo e teatro.

Monumentais, os Arcos da Rua Jandaia sobre a Avenida 23 de Maio foram descobertos pela Prefeitura de São Paulo após uma demolição e estima-se que sua construção data do século 19. Outro item do patrimônio histórico da cidade, a Vila Itororó, chama atenção por seu conjunto arquitetônico peculiar, entre as ruas Martiniano de Carvalho, Monsenhor Passalaqua, Maestro Cardim e Pedroso. Foi construída entre 1922 e 1929 para uso público e hoje o aglomerado de casas que abriga 80 famílias divide espaço com a intensa atividade artística.

No Bixiga também estão instaladas a sede da tradicional escola de samba Vai-Vai e a Igreja Nossa Senhora Achiropita, santa homenageada todo mês de agosto com a festa gastronômica e beneficente nas ruas do bairro. Na rua Conselheiro Carrão, casinhas acabam de ter suas fachadas revitalizadas. Coloridas em tons vibrantes e alegres, o projeto tem o objetivo de transformar o Bixiga no “Caminito brasileiro”, fazendo referência ao famoso ponto do bairro portenho de La Boca, na Argentina. Foram 20 os imóveis que ganharam “cara nova”, entre cantinas, uma creche e o antigo Teatro Zácaro.

No meio de tanta agitação espalham-se padarias, pizzarias e cantinas, como a C...Que Sabe!, na rua Rui Barbosa. No ambiente acolhedor, famílias falam e gesticulam animadamente enquanto saboreiam deliciosos pratos típicos ao som de um trio musical que passa de mesa em mesa apresentando canções italianas, incluindo a tarantela. Para completar, garçons derrubam as bandejas, causando um grande alvoroço genuinamente italiano. Conheça ainda a tradicional pizzaria Speranza, na rua Treze de Maio, que, desde 1958, conserva as velhas receitas de pizzas e massas, serve bons vinhos e ainda oferece saborosos e requisitados pães de linguiça.

No rol dos pães, as pequeninas e imortais padarias em nada se assemelham às modernas panificadoras. Possuem, em sua maioria, aspecto rústico, atendimento intimista e receitas de família. A Basilicata assa seus pães em forno a lenha, enquanto a São Domingos e a 14 de Julho oferecem deliciosos antepastos. A Italianinha, localizada dentro do Teatro Sérgio Cardoso, é a mais antiga do bairro. Dentre as guloseimas estão o pão de linguiça com provolone e o tentador catanelli – um tubinho recheado com creme de nozes, avelãs e amêndoas.

SERVIÇO

Teatro Sérgio Cardoso
Rua Rui Barbosa, 153 – Bela Vista
Tel.: (11) 3288-0136
http://www.teatrosergiocardoso.org.br/

Teatro Abril
Av. Brigadeiro Luis Antonio, 411 – Bela Vista
http://www.teatroabril.com.br/

Teatro Brigadeiro
Av. Brigadeiro Luís Antonio, 884 – Bela Vista
Tel.: (11) 3115- 2637
http://www.teatrobrigadeiro.com.br/

Teatro Bibi Ferreira
Av. Brigadeiro Luís Antonio, 931 – Bela Vista
Tel.: (11) 3105- 3129
http://www.teatrobibiferreira.com.br/

Teatro Ruth Escobar
Rua dos Ingleses, 209 – Bela Vista
Tel.: (11) 3289-2358
http://www.ruthescobar.apetesp.org.br/

Teatro Cultura Artística
Rua Nestor Pestana, 196 – Consolação
Tel.: (11) 3256-0223
http://www.culturaartistica.com.br/

Museu dos Óculos Gioconda Giannini
Rua dos Ingleses, 108 – Bela Vista
Tel.: (11) 3149-4000
http://www.miguelgiannini.com.br/

Feira de Antiguidades do Bixiga
Praça Dom Orione – Bela Vista
Domingo, das 8h às 18h

Casa de Dona Yayá
Rua Major Diogo, 353 – Bela Vista
www.piratininga.org/dona_yaya/dona_yaya.htm

Igreja Nossa Senhora Achiropita
Rua Treze de Maio, 478 – Bela Vista
Tel.: (11) 3106-7235
http://www.achiropita.org.br/

Vai-Vai
Rua São Vicente, 276 – Bela Vista
Tel.: (11) 3266-2581
http://www.vaivai.com.br/

C... Que Sabe!
Rua Rui Barbosa, 192 – Bela Vista
Tel.: (11) 3289-2574
http://www.cantinacquesabe.com.br/

Speranza
Rua Treze de Maio, 1004 – Bela Vista
Tel.: (11) 3288-8502
http://www.pizzaria.com.br/

Basilicata
Rua Treze de Maio, 614 – Bela Vista
Tel.: (11) 3289-3111
http://www.basilicata.com.br/

São Domingos
Rua São Domingos, 330 – Bela Vista
Tel.: (11)
www.paoitalianosaodomingos.com.br/home.html

14 de Julho
Rua 14 de Julho, 92 – Bela Vista
Tel.: (11) 3105-3215
http://www.14dejulho.com.br/

Padaria Italianinha
Rua Rui Barbosa , 121 – Bela Vista
Tel.: (11) 3289-2838
http://www.padariaitalianinha.com.br/

Fonte: http://www.cidadedesaopaulo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário